YouTube é rede social mais utilizada por brasileiro para se informar

Denner Perazzo

Publicado 22/jun2 min de leitura

Resumo

Segundo pesquisa, rede social de vídeos é usada até mais que o WhatsApp

Ícones de redes sociais
Redes sociais têm grande espaço como fonte de informação (Foto: Freepik/Reprodução)

O brasileiro utiliza o YouTube como maior ferramenta de consumo de notícias e informação entre as redes sociais. Pelo menos é o que diz uma pesquisa realizada pelo Reuters Institute, apontando a plataforma de vídeos à frente de outras redes sociais, como WhatsApp, Facebook, Instagram e TikTok.

Segundo a pesquisa, o YouTube é fonte de informação de 43% dos entrevistados, mostrando que o brasileiro ainda prefere um conteúdo audiovisual para se informar, ao invés de um texto que é lido. Mas a liderança é apertada, já que o WhatsApp conta com 41% da audiência quando o assunto é notícias e informação.

Confira o ranking das principais rede sociais:

  • YouTube – 43%
  • WhatsApp – 41%
  • Facebook – 40%
  • Instagram - 35%
  • Twitter – 13%
  • TikTok – 12%
  • Telegram – 9%

Em comparação com a pesquisa feita em 2021, o Facebook era a principal fonte de informação dos brasileiros. Além disso, o levantamento deste ano conta com a aparição do TikTok, rede social de vídeos curtos, que é grande sucesso de consumo de vídeos e tendência seguida pelas outras redes.

Outro dado que chama à atenção é o Telegram aparecer com apenas 9% da audiência para notícias, pois ele é considerado uma das principais ferramentas para compartilhamento de informações e conteúdo noticioso, ainda mais em ano de eleições.

Nesse sentido, outro dado importante revelado pela pesquisa, é que 64% dos brasileiros se informam por meio de posts nas redes sociais, sendo um número maior que o da TV, que conta com 55%, e muito maior que o do impresso tradicional, recebendo apenas 12% da preferência dos entrevistados.

Esses números mostram que as redes sociais se tornaram alternativa a sites noticiosos e à imprensa, apresentando números expressivos e que, desde a última década, só fazem crescer, diminuindo o monopólio de notícias e informação da mídia tradicional.

A pesquisa entrevistou 2022 brasileiros e brasileiras entre janeiro e março de 2022, em parceria com a YouGov, empresa líder no mercado em pesquisas no setor de internet. Você pode conferi-la de forma completa clicando aqui.


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.