Presidente de El Salvador anuncia construção da “Cidade do Bitcoin” para 2022

Redação Inset

Publicado 22/nov3 min de leitura

Resumo

Moradores do município, que será construído ao redor de uma praça com um símbolo da moeda, não vão pagar impostos de renda ou ganhos de capital; construção será financiada por emissão de dívidas em bitcoin

Após se tornar o primeiro país do mundo a adotar o bitcoin como moeda legal e oficial, El Salvador anunciou a construção de uma cidade com economia toda voltada para a criptomoeda. A “Bitcoin City” foi confirmada pelo presidente Nayib Bukele no último sábado (20), durante o encerramento da Feel The Bit 2021, evento que reuniu investidores e fãs da moeda digital.

A cidade será localizada próximo ao vulcão Conchagua, que irá fornecer energia para a região, e o município terá, no centro, uma praça com o símbolo da moeda. No pronunciamento, Bukele esclareceu que a “Bitcoin City” será uma “cidade comum”, com residências, restaurantes, porto e linha férrea, mas todas as transações comerciais serão realizadas por meio da moeda digital. Outra novidade será a cobrança de um único imposto.

“Sem imposto de renda, zero imposto sobre a propriedade, sem imposto sobre compras, zero imposto municipal. As únicas cobranças serão os 10% sobre serviços: metade para os títulos do município e o restante para a infraestrutura pública e manutenção da cidade.”

Bukele não deu uma data exata, mas disse que a construção deve começar ainda em 2022, 60 dias após a emissão de US$ 1 bilhão em dívidas públicas do Governo de El Salvador em bitcoin. Metade será usada nas obras do município, enquanto o resto será investido na compra de mais moedas.

Ainda durante o pronunciamento, o presidente de El Salvador anunciou a doação de um bitcoin (R$ 320.261,30 ou US$ 57.251,00) para melhorias em um hospital infantil em San Salvador, capital do país.

Apesar do anúncio feito pelo presidente de El Salvador, a moeda registra queda de 2,4% nesta segunda-feira (22), se aproximando dos -3% em alguns momentos.

Redação Inset

Reportagem


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.