Inset Indica: Stardew Valley, uma nostálgica aventura

Denner Perazzo

Publicado 25/mar5 min de leitura

Resumo

Cuide de sua fazenda e experimente maravilhosas aventuras nesse nostálgico simulador de vida no campo

Confira nosso vídeo sobre o jogo!

É muito bom quando um jogo indie chega e cativa o público, se tornando um sucesso de e construindo – e sustentando – sua própria base de fãs gerada pelo hype em torno dele. Isso é exatamente o que aconteceu com o simulador de vida agrícola Stardew Valley. Os gamers podem experimentar a vida calma do campo por si mesmos, descobrindo os muitos ingredientes que tornam este jogo uma experiência inesquecível.

Muito do que torna Stardew Valley especial vem do fato de ressuscitar um estilo de jogo muito nostálgico e amado. Em vez de optar por uma visão mais realista do gênero agrícola, como o Farming Simulator, ou uma visão mais casual, como tantos jogos para celular simplistas, Stardew Valley tem influência direta das franquias Harvest Moon e Rune Factory. Ai, que saudades desse tempo ;-;

Se você já jogou algum desses jogos, tem uma certa ideia do que esperar. No entanto, Stardew Valley não imita apenas esses simuladores de vida agrícola: ele melhora a fórmula, adicionando uma quantidade surpreendente de conteúdo e coisas incríveis para fazer e descobrir.

Confira agora o review do Inset Indica sobre Stardew Valley.

stardew valley
Foto: Iara Ferreira/Inset

História

Tudo começa com uma premissa simples, mas emocionante. Seu avô lhe deu uma carta como seu último presente na vida e disse que você só deve abri-la quando estiver cansado do fardo da vida moderna. Anos depois de sua partida, depois de ficar estressado demais com seu atual emprego corporativo, você abriu a carta e descobriu que herdou a fazenda de seu avô.

Ao se mudar para Stardew Valley, você inicia sua nova vida no campo, na qual deve se envolver com todas as atividades agrícolas, enquanto faz amizade com os muitos membros da comunidade. Se você gosta de jogos de simulação como eu, Stardew Valley será um caso de amor melhor do que Crepúsculo e que pode consumir horas do seu tempo.

Você começa com um terreno abandonado e uma pequena casa, que você pode atualizar para construir várias estruturas que podem gerar um lucro maior. Você também trabalha para ajudar a reconstruir a cidade em declínio e construir amizades com todos, desde o bêbado da cidade até a garota esnobe (spoilers: ela se torna mais suportável). Até namorar, casar e construir uma família é uma coisa possível no jogo.

Para aqueles que procuram reviver a nostalgia através de gráficos de 16 bits, Stardew Valley é o candidato perfeito.

Jogabilidade

Stardew Valley pode ser visto como um jogo como muita informação a princípio. Há muitas coisas para fazer em sua fazenda, e no começo ela está em um estado muito ruim. O jogo faz um bom trabalho ao apresentar as muitas atividades gradualmente e apresenta alguns elementos no estilo RPG, como um registro de missões, e isso ajuda a guiar o jogador pelos principais controles e requisitos.

Assim, você aprende a usar suas ferramentas básicas – enxada, machado, picareta e regador – para começar a limpar sua fazenda e plantar suas primeiras sementes. Usá-los também adicionará um medidor de experiência, e você ficará melhor usando-os com o tempo, gastando menos energia e desbloqueando novos itens para criar.

Entre agricultura, pesca, mineração e flerte com o elenco peculiar de personagens, é muito difícil ficar entediado. Stardew Valley tem um charme que apenas jogos independentes podem alcançar - é aberto o suficiente para mantê-lo interessado, mas tem estrutura suficiente para mantê-lo em movimento.

A partir daí, Stardew Valley dá aos jogadores a liberdade de explorar e experimentar as coisas por si mesmos, a fim de descobrir toda a gama de atividades disponíveis. Você pode jogar à vontade, escolhendo qual será seu foco principal – ou até mesmo tentando ser o faz-tudo, se estiver à altura do desafio. Seguindo essa ideia, você pode começar a cultivar, pescar, criar animais, terminar de reformar a fazenda e sua casa, cozinhar, minerar e até entrar em combate contra alguns monstros (enquanto explora algumas dungeons), entre muitas outras possibilidades.

Cena de stardew valley
Foto: ConcernedApe/Reprodução

Há uma tonelada de coisas para ocupar qualquer dia. Os jogadores começam com uma enorme parcela de terras agrícolas e algumas ferramentas. Depois de limpar algum espaço, é hora de obter algumas sementes e plantá-las. Nada é realmente “tutorializado” para o jogador, mas o jogo faz um trabalho maravilhoso ao apresentar ao jogador coisas novas e sugerir a melhor maneira de otimizar as habilidades.

As cenas da história são introduzidas esporadicamente, mas cabe principalmente ao jogador avançar como quiser. Segundo o desenvolvedor, a história tem um fim, mas esse não é o fim do jogo. Felizmente, a comunidade está repleta de personagens interessantes para fazer com que a história valha a pena prestar atenção, mesmo que não pareça à primeira vista.

Ao completar missões para os habitantes da cidade e dar-lhes presentes, eles começam a se interessar pelo jogador e podem ter conversas de verdade. São esses diálogos que mostram as verdadeiras cores de cada personagem e ajudam no sentimento de apego aos NPCs que estão constantemente vagando pela cidade. E eles realmente estão constantemente vagando. Todos os NPCs têm seus próprios horários semanais, que variam de acordo com a estação.

À medida em que os jogadores constroem relacionamentos, eles podem se casar e ter uma família. Há muitos solteiros e solteiras na cidade para serem cortejadas, e depois de atingir um certo “nível de relacionamento” com alguém, é possível propor.

Há também um objetivo geral a ser alcançado: restaurar o centro comunitário. Cada sala do centro tem certos objetivos que precisam ser concluídos para trazê-lo de volta ao seu antigo brilho e abrir novas áreas da cidade. Cada uma dessas missões envolve a doação de itens temáticos específicos. Por exemplo, você pode precisar doar quatro colheitas exclusivas de cada estação para completar os objetivos de uma sala. Obviamente, esses são objetivos de longo prazo e não podem ser concluídos rapidamente.

Sendo um simulador de vida agrícola, a passagem do ano – com suas estações bem distintas – também é um dos fatores mais definitivos de como se envolver com o jogo. A gama de atividades varia drasticamente de estação para estação, e Stardew Valley retrata cada uma delas de uma maneira bonita. Durante a primavera, você pode encontrar flores desabrochando no acampamento; no outono, todos as árvores terão belas colorações únicas, e você verá folhas caindo em dias de vento. Dias ensolarados e chuvosos também ajudarão (ou atrapalharão) você de diferentes maneiras, então a passagem do jogo está mudando constantemente. Tudo é retratado com um belo estilo pixel art, e cada estação tem sua própria música distinta, que combina perfeitamente com o clima desejado.

Ir para as minas também é uma ótima maneira de passar o dia. O combate é simples, mas no bom sentido. Realmente, matar monstros é um efeito colateral de coletar recursos como pedras e minério, embora o loot que os monstros soltam também possa ser ótimo. As armas têm duas ações, que variam dependendo do tipo. Alguns são melhores em atacar rapidamente, outros causam dano com ataques lentos e alguns têm melhor alcance, existindo também estilingues.

Cena de stardew valley
Foto: ConcernedApe/Reprodução

Conclusão

O jogo inteiro leva os jogadores a seguirem seu próprio ritmo. Tudo é tão casual, nunca há algo para se estressar. Certos pedidos de moradores da cidade têm um cronômetro de dois dias, mas não completá-los não tem consequências reais. Stardew Valley enfatiza a motivação, não a urgência. Você prefere passar o dia inteiro pescando ao invés de procurar o short do prefeito? Vá em frente!

A arte é incrivelmente cativante e bonita. Os retratos dos personagens trazem de volta aos meus velhos tempos do Super Nintendo e realmente ajudam os personagens a ganhar vida. Tudo parece ótimo e funcional. A cidade realmente parece viva ao caminhar, e não é uma má ideia simplesmente parar e observar os arredores às vezes. A música, da mesma forma, se encaixa perfeitamente na sensação do jogo. Músicas suaves, relaxantes e cativantes que eu me pego cantarolando no decorrer do meu dia.

Aqui está outro aspecto importante de Stardew Valley: é tão charmoso e cheio de carisma. É um jogo lindo e gostoso de jogar. Com toneladas de conteúdo, ele vai mantê-lo jogando por muito tempo. Quase ia esquecendo de comentar que é possível jogar com seus amigos e todos cuidarem da mesma fazenda, tornando a experiência ainda mais divertida e interativa.

Há muito o que fazer neste jogo. Eu nem mencionei artesanato ou culinária. Mesmo depois de um ano no jogo e mais de 100 horas no mundo real, ainda tenho coisas para descobrir e desbloquear. Seja trabalhando na restauração do centro comunitário, tentando ganhar um dinheiro decente, ajudando os moradores da cidade ou trabalhando na otimização da minha fazenda, sei que sempre posso fazer alguma coisa.

A mecânica central e a estética relaxante se fundem tão bem que os jogadores vão mergulhar na experiência e nunca mais vão querer sair.

Denner Perazzo

Repórter


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.