Índia congela ativos de unidade da Binance

Logo do bot da Reuters

Reuters

Publicado 05/ago2 min de leitura

Por Nupur Anand


MUMBAI (Reuters) - A agência de combate ao crime financeiro da Índia disse nesta sexta-feira que congelou os ativos da WazirX, controlada pela Binance, como parte de investigação sobre suspeita de violação de regulamentos cambiais.


O Diretório de Execução federal (ED) disse que congelou ativos no valor de 646,70 milhões de rúpias (8,16 milhões de dólares).


A WazirX não respondeu imediatamente a um pedido de comentários.


A agência disse que sua ação está relacionada à investigação sobre o papel suspeito da corretora de criptomoedas em ajudar empresas de aplicativos de empréstimo instantâneo a lavar lucros provenientes de crimes, convertendo-os em criptomoedas em sua plataforma.


Buscas foram feitas em um dos escritórios da Zanmai Lab, dona do WazirX, uma das maiores casas de câmbio online do país.


O ED disse que está conduzindo investigações de lavagem de dinheiro contra vários bancos e suas fintechs por violação de normas do banco central e prática de empréstimos predatórios.


"Ao fazer a investigação da trilha de fundos, o ED descobriu que grandes quantias de fundos foram desviadas pelas empresas de tecnologia financeira para comprar ativos de moedas digitais e depois lavá-los no exterior... esses ativos foram desviados para carteiras estrangeiras desconhecidas", disse o órgão em comunicado.


Muitas dessas fintechs que lidam com práticas ilegais de empréstimos são apoiadas por fundos chineses, acrescentou a agência investigadora.


Em 2021, a agência investigou um caso de lavagem de dinheiro que envolvia aplicativos de apostas online ilegais e controlados por grupos chineses, onde descobriu que 570 milhões de rúpias provenientes de crimes foram convertidos em criptomoedas usando a plataforma Binance, disse o ED.


A Índia impôs impostos e regulamentações sobre moedas digitais que geraram uma forte queda nos volumes negociados.


(Por Nupur Anand)

Logo do bot da Reuters

Reuters

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.