Uber: receita avança 83% no 4º trimestre de 2021 e ações sobem nos EUA

Estadão Conteúdo

Publicado 10/fev2 min de leitura

A receita da Uber subiu 83% no último trimestre de 2021, ajudada por uma recuperação em seus negócios de corridas e pela demanda contínua por entrega de alimentos, apesar da reabertura de restaurantes. A empresa registrou receita de US$ 5,78 bilhões nos três meses encerrados em 31 de dezembro, superando a estimativa média de US$ 5,35 bilhões de analistas consultados pela FactSet. 

Suas corridas aumentaram 67% ano a ano, enquanto suas reservas de entrega de alimentos aumentaram 34% no mesmo período. A Uber encerrou o trimestre com 118 milhões de clientes ativos, um recorde para a empresa. As ações da Uber subiram cerca de 6% nas negociações no after hours em Nova York.

O trimestre marcou a segunda vez que a Uber divulgou lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) desde sua criação, há mais de uma década. A empresa apontou essa métrica para sinalizar que suas operações estão caminhando para a lucratividade futura. O Ebitda ajustado da Uber de US$ 86 milhões superou a estimativa média dos analistas de US$ 67 milhões. O Uber Eats, sua unidade de delivery, registrou seu primeiro lucro por essa medida no trimestre.

A Uber prevê que as corridas brutas para o primeiro trimestre de 2022 ficarão um pouco abaixo das estimativas dos analistas, ao mesmo tempo em que projeta uma faixa de ganhos ajustados abaixo do esperado, citando a variante Ômicron. Os passageiros estão retornando ao Uber mais rápido do que os motoristas. A escassez de mão de obra empurrou os preços das corridas para todos os recordes no ano passado.

O número de viagens realizadas na plataforma do Uber ficou abaixo das estimativas dos analistas, mas o Uber ainda superou a projeção de receita. Youssef Squali, analista que cobre Uber e Lyft na Truist Securities, escreveu em uma nota aos clientes que esse resultado sugere que "a batida de primeira linha do Uber foi impulsionada pelo preço, e não pelo volume".

Embora o Uber não tenha divulgado publicamente dados sobre preços, a empresa disse na quarta-feira que os tempos de espera estimados para os passageiros voltaram aos níveis pré-pandemia nos EUA. A Uber anunciou que adicionou 325 mil motoristas e entregadores à sua plataforma no quarto trimestre, elevando o número total de ganhadores em sua plataforma para 4,4 milhões em todo o mundo. A receita anual da empresa em 2021 aumentou 57%. A Uber reduziu seu prejuízo líquido para US$ 496 milhões de um prejuízo de US$ 6,77 bilhões em 2020. Fonte: Dow Jones Newswires.

Estadão Conteúdo

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.