Sunac China Holdings diz que falhou em cumprir obrigações de dívida

Estadão Conteúdo

Publicado 12/mai1 min de leitura
A Sunac China Holdings falhou em cumprir as obrigações de dívida, destacando como o estresse que os promotores imobiliários chineses estão sofrendo foi acentuado pelas restrições da covid-19 no país.

"Dadas as atuais restrições de liquidez do grupo, não há garantia de que o grupo será capaz de cumprir suas obrigações financeiras quando devidas ou dentro dos períodos de carência relevantes", afirmou.

A sorte de Sunac mudou drasticamente no espaço de alguns meses. No outono passado, muitos investidores - e empresas globais de classificação de crédito - viam a empresa com sede em Tianjin como uma das incorporadoras imobiliárias mais importantes do país. Mas uma liquidação de títulos imobiliários chineses e a diminuição da confiança dos compradores de imóveis causaram um deslocamento prolongado do mercado e uma queda na indústria que colocou em perigo muitas empresas imobiliárias que levantaram bilhões com a venda de títulos em dólar.

A Sunac disse que está pedindo a seus credores tempo para superar os desafios. A empresa nomeou Houlihan Lokey Ltd. como seu consultor financeiro e Sidley Austin como seu consultor jurídico para ajudar a avaliar sua estrutura de capital e posição de liquidez. Os consultores "explorarão todas as soluções viáveis para aliviar as atuais restrições de liquidez, de modo a formular uma solução ideal para todas as partes interessadas", disse a Sunac.

Estadão Conteúdo

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.