Cielo fecha contrato com Alelo para prestação de serviços

Estadão Conteúdo

Publicado 08/fev1 min de leitura

A Cielo fechou um novo contrato com a Alelo para prestação de serviços de rede e processamento de transações. A companhia estima receitas brutas anuais da ordem de R$ 37 milhões após o acordo.

Segundo fato relevante, a Cielo possui contrato vigente de prestação de serviços para a administradora de benefícios desde 2007. Porém, a partir do desenvolvimento de sua plataforma própria, em 2020, a Alelo tem gradualmente internalizado o processamento de suas transações, e consequentemente vem reduzindo o uso do serviço prestado pela Cielo.

"À medida em que os clientes da Alelo são migrados para sua plataforma de processamento, os serviços de rede relativos a suas transações continuam a ser prestados pela Cielo, no contexto do novo contrato, enquanto são descontinuados os serviços de processamento", aponta a Cielo.

O componente do serviço relacionado ao processamento de transações proporcionou à Cielo receitas brutas de R$ 31 milhões em 2020 e R$ 14 milhões em 2021. Para 2022, a companhia estima apenas um montante residual.

O novo contrato entra em vigor imediatamente e seus termos se aplicam às transações originadas de clientes que já tenham migrado para a plataforma de processamento própria da Alelo, inclusive durante a fase de testes da migração.

Estadão Conteúdo

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.