Mimos diferentões também podem emocionar o mozão

Izabella Souza

Publicado 06/jun5 min de leitura

Resumo

Tá difícil escolher o presente de Dia dos Namorados? Estas três histórias podem te inspirar não só na compra, mas na forma de lidar com o amor também

Flores são cheirosas e remetem a romance. Chocolates são gostosos e apetecem a todos. Um jantar à luz de velas surpreende e seduz. Mas e uma faxina bem dada? E ter uma dívida quitada? E ganhar um botijão de gás no Brasil de 2022?

Com o Dia dos Namorados à vista, o que não falta são sugestões de presentes para quem se ama. Mas é fácil cair nos clichês e acabar presenteando com mais do mesmo. Por isso, se você deseja inovar e dar um presente inesquecível para seu amor no próximo dia 12 de junho, o Inset traz aqui algumas histórias para te inspirar.

Como a do Miguel Chaves, por exemplo, que em 2019 presenteou a namorada pagando uma fatura do cartão de crédito dela. “Todo mundo tem um defeito, e o da Amanda é, infelizmente, não saber lidar muito bem com as finanças”, conta o analista de sistemas de São Paulo.

Na época, Amanda tinha acabado de voltar de uma viagem ao Chile, onde acabou gastando mais do que podia. Como não receberia naquele mês, por causa do adiantamento de férias, o desespero tomou conta.

“Ela só entendeu a situação quando a fatura chegou, porque a gente acaba se desligando mesmo quando estamos viajando. Era a primeira viagem internacional dela, e ela estava muito animada. Quem não ficaria? A gente já namorava há quase dois anos, eu entendi a empolgação dela e senti vontade de ajudar. Então, como presente, paguei a fatura que ia vencer, até pra ajudá-la a se organizar para os outros meses”.

O casal, que continua junto, planeja outra viagem para este ano. Dessa vez, juntos, e sem sustos na hora de pagar a conta: “Foi uma experiência necessária, que acabou nos ensinando a ter mais atenção em relação a essa coisa de gastos. Não precisei fazer mais nada desse tipo pra ela - e ela nem gosta disso. Mas acho que foi importante também para nos juntar ainda mais”, reflete Chaves.

“Eu fiquei sem reação”

Presentear também é uma grande forma de demonstrar cuidado. E a gaúcha Bruna Portella recebeu isso quando mais precisou: “Eu estava passando por uma fase bem conturbada na vida. Estava em dois estágios e fazendo faculdade, não tinha cabeça pra nada. Tínhamos nos mudado há alguns meses, então estava uma energia caótica total”.

Foi quando a assistente executiva disse para o então namorado que estava pensando em fazer terapia. “Pesquisei alguns lugares e achei um no qual super me identifiquei. Aí comentei com ele que tinha ficado empolgada, porque sempre foi uma vontade minha, mas era difícil porque não tinha tempo nem dinheiro. Então ele se ofereceu para pagar algumas sessões, e eu logo aceitei porque estava muito a fim de fazer”, conta Bruna.

Mas aí veio a (outra!) supresa: Gabriel pagou não apenas algumas sessões, mas alguns meses de atendimento. “Eu fiquei sem reação. Éramos bem jovens ainda, eu tinha 19 anos e ele 21. Tínhamos uns quatro anos de namoro e ele me deu em uma data próxima ao meu aniversário, que é em maio”.


Citação
Foi um dos momentos mais legais e genuínos da nossa relação. Com certeza, foi um dos melhores presentes que eu já ganhei na vida."
Bruna Portella, de Porto Alegre, Rio Grande do Sul

O casal não está mais junto, mas a lembrança permanece envolta de muito carinho, assim como a atual relação dos dois: “Nosso relacionamento durou por quase oito anos. Fomos muito felizes e hoje ainda somos super amigos. Temos guarda compartilhadas das nossas cachorras e nos damos muito bem. Sempre teve e tem muito amor e respeito entre nós, por isso até hoje somos próximos”.

Bruna e Guilherme
Bruna e Gabriel: cuidado fomentado no namoro cultivou uma relação de carinho que continua após o relacionamento (Foto: Arquivo Pessoal)

Cuidado que não custa nada

Mas um presente especial e fora do comum não precisa ser caro. Na verdade, não precisa nem mesmo de dinheiro. Apenas disposição e, claro, muito amor. Foi assim que Marcella Gontijo, de Londrina, Paraná, presenteou uma namorada com uma mega faxina no apartamento dela.

“Na época eu estava desempregada e não podia comprar nenhum presente a não ser, sei lá, uma caixa de bombom. E ela sempre foi muito ligada a limpeza, a deixar a casa arrumadinha, mas estava sem tempo por causa do trabalho e de um curso que fazia. Então eu tive a ideia de dar uma faxina super caprichada em tudo. Peguei algumas plantinhas na casa da minha avó e levei pra lá, passei roupa, fiz tudo”. A namorada, que ficou três dias fora em uma viagem de trabalho, não acreditou na supresa que encontrou ao voltar pra casa.

“O mais louco foi que ela ficou super emocionada, porque era algo realmente importante pra ela. E eu ainda estava insegura por achar algo muito simples, sem importância. Mas ela ficou muito grata e disse que tinha sido uma das coisas mais legais que alguém já tinha feito por ela”, conta.

O casal não segue mais junto. Mas, segundo Marcella, o presente foi um lembrete do quão importante é cuidar de um relacionamento com atenção e sensibilidade às necessidades da outra parte.

Opções de presentes para todos os bolsos

Se você ainda precisa de mais ideias para celebrar o amor no Dia dos Namorados que se aproxima, o Inset também tem uma lista com dicas para todos os bolsos, seja para impressionar, mimar ou apenas não deixar a data passar em branco.

Izabella Souza

Repórter


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.