Cuidados com a coluna durante a atividade física

Estadão Conteúdo

Publicado 14/mar3 min de leitura

Resumo

Realizar corretamente o treino é importante para evitar dores e prejuízos à saúde

Os movimentos do nosso corpo são guiados por uma cadeia de ações de ossos e músculos que devem seguir em equilíbrio, cada qual com sua função, sem sobrecargas para que não haja prejuízos para a saúde. Quem explica é Anath Zagury, fisioterapeuta, especialista em fisioterapia cardiorrespiratória e em traumatologia ortopédica hospitalar e clínica.

Segundo Zagury, é importante fazer um treino equilibrado, que contemple vários grupos musculares, não apenas pela estética, mas para manter esse equilíbrio anatômico saudável.

A coluna, por exemplo, é responsável pela sustentação do corpo, e uma das funções dos músculos é estabilizá-la. Diante de uma sobrecarga ou de um treino equivocado, a coluna padece.

Problemas na coluna

No fim da coluna vertebral, por exemplo, existe um osso chamado sacro, em forma de um triângulo de cabeça para baixo, levemente inclinado. Devido a esse formato, a coluna precisou sofrer alterações também anatômicas para que pudéssemos nos posicionar em pé.

Se não fossem essas adaptações, seríamos estruturalmente inclinados para frente. Assim, surgiram as curvaturas naturais da coluna, como a lordose lombar. Quando essa curvatura fica acentuada, chamamos de hiperlordose lombar.

Entretanto, não basta observar o aumento da curvatura para que a patologia seja, de fato, diagnosticada, e é por isso que a avaliação fisioterapêutica leva em consideração vários fatores, entre eles, a relação dos quadris e das pernas com a coluna.

Contudo, o comportamento da curvatura lombar durante os movimentos também é importante na identificação de possíveis alterações que levam a desconfortos na região lombar.

Os músculos e a lombar

A principal função dos músculos é mover os ossos. Uma vez que o sacro é movido, a coluna tende a acompanhar. Por isso, os músculos das pernas e dos quadris são tão importantes estabilizadores da nossa coluna.

Quando algum músculo está encurtado, ou muito forte em relação a outro, os movimentos tendem a seguir direções não esperadas, sobrecarregando estruturas e causando dor.

Portanto, ao treinar, pense na saúde da sua coluna. Os músculos precisam trabalhar em conjunto para que os movimentos sigam direções corretas, mantendo a curvatura lombar em seu formato natural, sem aumentar nem diminuir.

Aqueles que estiverem encurtados precisarão ser alongados e aqueles que estiverem fracos deverão ser fortalecidos para que haja um equilíbrio estrutural. O resultado será a realização das tarefas do dia a dia com segurança.

Estadão Conteúdo

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.