Conheça sete apps e sites para ler livros de graça

Izabella Souza

Publicado 29/abr5 min de leitura

Resumo

Com alta nos custos de produção editorial, e consequentemente do preço final dos produtos, tecnologia torna-se aliada valiosa dos leitores. E, claro: de maneira totalmente legal!

Além de todas as altas que já estamos enfrentando em absolutamente tudo (a tal da inflação), o preço do papel também sofreu um aumento considerável no início do ano, elevando os custos da produção de livros e desequilibrando os orçamentos das editoras. Somente em janeiro e fevereiro de 2022, a inflação na produção nacional destinada a linhas editoriais chegou a 65%.

O resultado? Livros e revistas mais caros e menor variedade de publicações. Para economizar sem deixar esse importante hobby de lado, a dica é aproveitar as plataformas digitais que oferecem uma série de títulos gratuitos para leitura. Confira sete deles:

Amazon/Kindle

Com certeza, o mais popular. Além de vender livros e ter idealizado o aparelho Kindle, a Amazon possui um aplicativo gratuito que permite ler vários conteúdos do catálogo. Entre best-sellers, livros estrangeiros e de escritores pequenos, os consumidores encontram muitos títulos gratuitos ou bem baratos.

São mais de 9 mil e-books de graça para download. O app está disponível para Android e iOS e ainda há apps para PC e Mac, além do Kindle Cloud Reader, que funciona no navegador. Para aproveitar, não é preciso ser assinante do Amazon Prime. Basta ter uma conta da Amazon sem pagar nada por isso.

Wattpad

Aqui a proposta é um pouquinho diferente: a plataforma funciona como uma comunidade de leitores e escritores e é voltada para publicações independentes e de novos autores. Mas ela também disponibiliza obras de renomados escritores nacionais e internacionais.

O Wattpad é, inclusive, palco de algumas criações que até se transformaram em filmes da Netflix. O leitor conta com recursos como marcação de texto, compartilhamento de conteúdo e uma função especial para descoberta de novas obras.

Wattpad
Além de ler qualquer produção do catálogo gratuitamente, no Wattpad também é possível publicar sua obra sem custos (Reprodução/Internet)

Open Library e Project Gutenberg

A Open Library faz parte do projeto Internet Archive, que oferece acesso gratuito e ilimitado a todo conteúdo digital disponível e de uso público, desde filmes, livros, música, até conteúdos históricos em geral, com a intenção de prevenir que esse conteúdo seja perdido.

São mais de um milhão de livros em vários idiomas, e a grande proposta é reunir todos os livros publicados no mundo. Assim, além de possuir um enorme acervo de livros para download, a plataforma também vai catalogando livros que ainda não estão acessíveis em domínio público.

Também parte do Internet Archive, o Project Gutenberg foi fundado em 1971 e é o primeiro acervo digital de livros do mundo, oferecendo livros em várias línguas (inclusive em português).

Kobo Books

O Kobo Books lembra um pouco o funcionamento do Amazon Kindle, com a diferença de que oferece alguns elementos comuns de redes sociais — compartilhamento com outros usuários, sugestões do que ler a seguir, fazer anotações, entre outros. Mas como o foco é nos arquivos PDF, não se preocupe: o Kobo Books é compatível com vários outros formatos, como EPUB, CBZ e CBR, tornando o aplicativo uma ótima opção para ler e baixar livros no celular. Além de livros digitais, revistas e histórias em quadrinhos, o Kobo também oferece audiolivros.

Kobo
O Kobo disponibiliza livros gratuitos, mas também tem uma loja com títulos pagos (Reprodução/Internet)

Portal Domínio Público

Com um acervo de mais de 180 mil obras e um registro de quase 20 milhões de visitas, o portal do governo federal é a maior biblioteca virtual do país. Mantido pelo Ministério da Educação e lançado em 2004, o site oferece acesso de graça a obras literárias, artísticas e científicas (na forma de textos, sons, imagens e vídeos), já em domínio público ou que tenham a sua divulgação autorizada.

Destaque para a obra completa de Machado de Assis e a Divina Comédia traduzida, além de uma coleção de Fernando Pessoa e até livros infantis. Ah: e na mesma linha, vale acessar a Biblioteca Digital Mundial, que reúne mais de 20 mil títulos de 193 países.

Biblioteca de São Paulo Digital (BSP)

A BSP oferece desde títulos clássicos, já disponíveis em domínio público, até títulos contemporâneos do gênero young adult. O serviço, disponível na versão web (https://spleituras.odilo.us/) e também no aplicativo oficial da BSP, segue o esquema de uma biblioteca tradicional e permite pegar até dois livros emprestados por 15 dias. Para ler de graça, basta fazer um cadastro no site para ter o número de matrícula de sócio da biblioteca. O mais legal é que é possível fazer reservas de livros físicos na própria Biblioteca, utilizando a opção "Reservar" para separar o conteúdo.

Apple Books

Com um amplo catálogo, é possível garimpar diversos títulos gratuitos ou em oferta no também no Apple Books. É possível personalizar a exibição das páginas, marcar trechos e recorrer a outras ferramentas básicas. O Apple Books já vem instalado de fábrica em todos os iPhones e iPads da fabricante, mas se você deletou o programa do seu dispositivo é possível baixá-lo novamente na App Store de maneira gratuita.

Lembrando que, pra quem prefere os livros físicos, uma boa opção é recorrer a sebos, estabelecimentos que vendem livros usados por preços abaixo do mercado. Alguns, inclusive, aceitam trocas.

Izabella Souza

Repórter


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.