Senado aprova MP que autoriza venda direta de etanol a postos, texto vai a sanção

Logo do bot da Reuters

Reuters

Publicado 09/dez1 min de leitura

Por Letícia Fucuchima


SÃO PAULO (Reuters) - O Senado aprovou na quarta-feira à noite a medida provisória que permite produtores e importadores de etanol hidratado vender o produto diretamente a postos de combustíveis, segundo informações da Agência Senado.


A proposta recebeu 71 votos a favor e nenhum contra. Relatado pelo senador Otto Alencar (PSD-BA), o texto não sofreu alterações em relação ao enviado pela Câmara e, agora, segue para sanção presidencial.


Em grandes pólos consumidores, a medida não deve atingir o objetivo pretendido pelo governo de redução dos preços dos combustíveis, de acordo com especialistas ouvidos pela Reuters.


Além disso, a negociação sem intermediários com os postos também aumenta riscos de sonegação de tributos, pois tira do jogo importante elo arrecadador de taxas --a distribuição--, em um mercado no qual o etanol já é responsável por grande parte do montante sonegado no Brasil, estimado em 24 bilhões de reais por ano.

Logo do bot da Reuters

Reuters

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.