Reputação da Samsung é atingida diante de queda nos preços de novo smartphone premium na Coreia do Sul

Logo do bot da Reuters

Reuters

Publicado 08/abr3 min de leitura

Por Byungwook Kim


SEUL (Reuters) - O smartphone Galaxy S22, da Samsung, foi alvo de relatos de problemas de desempenho e os revendedores cortaram pela metade o preço de venda do produto na Coreia do Sul apenas algumas semanas desde seu lançamento, prejudicando sua imagem como rival do iPhone.


Os consumidores reclamaram - e até entraram com uma ação coletiva - após a fabricante de celulares anunciar o que chamou de seu smartphone mais poderoso, porém com poucos detalhes sobre o software de gerenciamento de desempenho que, segundo os reclamantes, deixa o dispositivo mais lento no uso de aplicativos que demandam intensamente do processador.


No centro das reclamações está o Serviço de Otimização de Jogos (GOS) da Samsung, que gerencia o desempenho do dispositivo enquanto o usuário está jogando para evitar superaquecimento e preservar a vida útil da bateria. A fabricante lançou o software em 2016, apenas alguns meses antes de retirar o Galaxy Note 7 premium do mercado após uma série de incêndios na bateria.


"Essa disputa terá inevitavelmente um grande impacto negativo para a credibilidade da Samsung" disse o analista Lee Seung-woo, da Eugene Investment & Securities.


O GOS limita automaticamente o desempenho do aparelho durante os jogos, mas também no uso de outros aplicativos com uso intensivo de processador, disse o Geekbench, um avaliador de desempenho amplamente utilizado, que descobriu que o software reduziu a velocidade do processador do S22 em até 46%. A falta de detalhes sobre o software em materiais de marketing e a incapacidade de desativá-lo espalharam-se pelas mídias sociais.


"Esta é uma questão maluca e sem precedentes que não pode ser desculpada de forma alguma", disse em um post no YouTube o ITSub, um 'youtuber' com 2,1 milhões de assinantes especializado em gadgets.


A Samsung disse que emitiu uma atualização para permitir a desativação do software pelos usuários sem risco para a segurança. A empresa também afirmou que continuará investindo para inovar em hardware e software.


A série S22 atingiu vendas de 1 milhão de aparelhos na Coreia do Sul dentro de seis semanas após o lançamento, alcançando a marca duas semanas mais rápido que o modelo antecessor, disse a Samsung.


A participação de mercado da Samsung em 2021 em dispositivos acima de 400 dólares encolheu 3 pontos percentuais para 17% em relação ao ano anterior, enquanto a da Apple aumentou 5 pontos percentuais, para 60%, mostraram dados de mercado do Counterpoint. Os números apontaram vendas do S20 e do S21 aquém de um primerio ano normal da série S de 30 milhões de unidades.


Lee Seung-woo, da Eugene Investment & Securities, espera que o furor do GOS junto com o aumento dos custos de componentes deve colocar o lucro operacional de abril-junho da unidade de telefonia móvel da Samsung em 3 trilhões de wones, abaixo da projeção anterior de 3,4 trilhões de wones.


O analista da IBK Investment & Securities Kim Un-ho também rebaixou a estimativa para 3 trilhões de wones, de 3,5 trilhões de wones.


A Samsung disse na quinta-feira que espera um salto estimado de 50% no lucro operacional geral de janeiro a março, uma vez que a demanda por chips de memória permanece sólida.


(Por Byungwook Kim; reportagem adicional de Joyce Lee)

Logo do bot da Reuters

Reuters

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.