Reino Unido coloca endereço do BC russo em lista de sanções por engano

Logo do bot da Reuters

Reuters

Publicado 22/fev1 min de leitura

LONDRES (Reuters) - O Reino Unido atribuiu nesta terça-feira, por engano, o endereço do banco central da Rússia a um banco privado com ligações estreitas com o presidente russo, Vladimir Putin, que foi alvo de sanções anunciadas pelo primeiro-ministro britânico, Boris Johnson.


Johnson impôs sanções a cinco bancos privados, incluindo o Bank Rossiya, que o governo disse ser "propriedade privada de bilionários de elite russos com ligações diretas a Putin", mas poupou os maiores bancos estatais da Rússia por ora.


O governo listou, erroneamente, o endereço do Banco Rossiya como "Rua Neglinnaya, 12, Moscou, 107016, Rússia", que na verdade é o endereço do banco central da Rússia, conhecido no idioma local como "Banco Rossiya".


O banco privado Bank Rossiya está sediado na cidade de São Petersburgo, no norte da Rússia. A rua Neglinnaya, em Moscou, têm abrigado escritórios dos bancos centrais russo ou soviético há pelo menos um século.


Não há nenhuma indicação de que o banco central russo foi sancionado pelo Reino Unido.


O Ministério das Relações Exteriores britânico não respondeu a um pedido de comentário sobre a confusão.


(Por Guy Faulconbridge)

Logo do bot da Reuters

Reuters

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.