Raízen investirá R$2 bi em duas novas plantas de etanol 2G

Logo do bot da Reuters

Reuters

Publicado 11/mai1 min de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de energia Raízen disse nesta quarta-feira que seu Conselho de Administração aprovou um investimento de 2 bilhões de reais para construir duas usinas de etanol de segunda geração (E2G) no Estado de São Paulo.


As usinas adicionarão capacidade de 164 mil metros cúbicos de biocombustível por ano e devem entrar em operação em 2024.


"O investimento esperado já considera o cenário atual de inflação e câmbio para o suprimento e fornecimento de máquinas, equipamentos e mão de obra", disse a empresa em comunicado.


Com as novas unidades, a Raízen será o único produtor mundial a operar quatro plantas de etanol celulósico em escala industrial com uma capacidade instalada total de 280 mil metros cúbicos por ano, dos quais 80% do volume foram comercializado em contratos de longo prazo, acrescentou a empresa.


(Reportagem de Carolina Pulice e Peter Frontini)

Logo do bot da Reuters

Reuters

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.