Qualidade das lavouras de soja e milho piora ainda mais no Paraná

Logo do bot da Reuters

Reuters

Publicado 21/dez1 min de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A safra 2021/22 de soja do Paraná apresentou mais uma piora na qualidade das lavouras na última semana, mostraram dados do Departamento de Economia Rural (Deral) nesta terça-feira, em meio à seca que atinge a região Sul.


As áreas da oleaginosa consideradas boas são apenas 57%, contra 71% na semana anterior. Já as lavouras em situação média estão em 30%, ante 23% na última avaliação, enquanto as áreas ruins já somam 13%.


No milho verão, 77% das áreas eram avaliadas como boas até a semana passada. Agora, este número baixou para 63%. As áreas consideradas médias foram de 20% para 27% e 10% são vistas como ruins, avaliou o departamento.


Nas últimas semanas, o órgão ligado ao governo estadual também reportou queda nos níveis de qualidade das lavouras em função das adversidades relativas ao clima.


Os três Estados do Sul estão sob os impactos do fenômeno climático La Niña, que tem trazido chuvas abaixo da média em diversas regiões produtoras neste mês.



(Por Nayara Figueiredo)

Logo do bot da Reuters

Reuters

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.