Preços do milho e da soja avançam em Chicago com compras técnicas e demanda de exportação

Logo do bot da Reuters

Reuters

Publicado 15/out2 min de leitura

Por P.J. Huffstutter


CHICAGO (Reuters) - Os preços futuros do milho e soja em Chicago subiram nesta sexta-feira, apoiados por compras técnicas e esperanças renovadas de demanda de exportação, enquanto os preços do trigo foram impulsionados por uma forte alta no mercado europeu, disseram traders.


Os preços do milho e da soja se recuperaram desde a queda acentuada, seguindo as previsões de oferta acima do esperado do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) na terça-feira.


Os exportadores venderam 396 mil toneladas de soja para entrega em destinos desconhecidos durante o ano de comercialização de 2021/2022, disse a agência. O USDA também disse que os exportadores venderam outras 326.750 toneladas de soja, recebidas durante o período do relatório, para entrega em destinos desconhecidos durante o ano de comercialização de 2021/2022.


Na bolsa de Chicago, a soja fechou o dia em alta de 11,50 centavos de dólar a 12,1775 dólares o bushel, enquanto o milho avançou 9 centavos de dólar a 5,2575 dólares o bushel.


"Não receberemos outra atualização de oferta do USDA até janeiro, de modo que a carta baixista foi jogada por enquanto", disse Craig Turner, corretor agrícola sênior da Daniels Trading.


Os futuros do trigo subiram nesta sexta-feira, revertendo as perdas anteriores com o apoio de uma recuperação na Europa, onde as fortes exportações e a preocupação com a disponibilidade permaneceram em foco.


O contrato mais ativo do trigo fechou em alta 9,25 centavos de dólar a 7,34 dólares o bushel.


(Reportagem adicional de Gus Trompiz em Paris e Naveen Thukral em Cingapura)

Logo do bot da Reuters

Reuters

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.