MP que reduz taxa de fiscalização de AAIs deve ser sancionada sem vetos na sexta

Estadão Conteúdo

Publicado 29/mar1 min de leitura
A Medida Provisória que reduzirá a taxa cobrada dos agentes autônomos de investimento (AAI) e altera o nome da categoria para "assessor de investimentos" deve ser sancionada na sexta-feira, 1º de abril, e sem vetos, segundo a direção da Associação Brasileira de Agentes Autônomos de Investimentos (Abaai).

A MP 1072/21, aprovada no Senado no último dia 8, reduz as taxas pagas para a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) em 80% para os profissionais pessoas físicas e 50% para os escritórios.

Diego Ramiro, presidente da Abaai, comenta que a diminuição da taxa é a queda de uma barreira de entrada para a profissão. "A mudança da denominação também é um marco para nós enquanto profissionais", diz.

Segundo Ramiro, a alteração facilitaria a identificação desses profissionais, que fazem a intermediação entre investidores e corretoras de valores.

A associação estima que os profissionais devem economizar quase R$ 30 milhões por ano em pagamento de taxas. A categoria reúne cerca de 14 mil agentes autônomos pessoas físicas e 1.183 empresas de agentes autônomos.

As novas regras da CVM para os AAIs é outra novidade que deve surgir em breve, avalia Ramiro. A expectativa é que a nova resolução seja publicada neste semestre. É esperado que o texto traga o fim da exclusividade obrigatória entre assessores e corretoras de valores, além da permissão para que os escritórios se tornem sociedades empresariais. Na prática, isto tornará possível a entrada de sócios investidores.

Estadão Conteúdo

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.