Expedição de caixas e papelão ondulado cai 11,8% em fevereiro, diz Empapel

Estadão Conteúdo

Publicado 04/abr1 min de leitura
A expedição de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado chegou a 295.093 mil toneladas em fevereiro deste ano, queda de 11,8% na comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo a Associação Brasileira de Embalagens em Papel (Empapel), o volume de expedição por dia útil foi de 12.296 mil toneladas no mês, também uma queda de 15,5% na comparação anual, porém fevereiro de 2022 teve um dia útil a mais que igual mês de 2021.

A prévia dos indicadores da Empapel sinaliza que o Índice Brasileiro de Papelão Ondulado (IBPO) também caiu 11,8% em fevereiro na comparação com o mesmo mês do ano anterior, para 131,4 pontos. Este é o maior recuo interanual do indicador para os meses de fevereiro desde o início da série, em 2005.

Segundo os dados livres de influência sazonal, a prévia de fevereiro registra uma queda de 2,5%, para 140,5 pontos, o menor nível desde junho de 2020 e 2,4% abaixo do índice de março de 2020, último mês antes da forte queda na expedição provocada pelos primeiros impactos da pandemia no setor.

O volume expedido apenas de papelão ondulado foi de 314.853 mil toneladas, menor volume desde junho de 2020 (305.681 toneladas). A expedição por dia útil foi de 13.119 toneladas, alta de 1,5% sobre o mês anterior.

Estadão Conteúdo

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.