Estimativa da safra de trigo de 21/22 da Argentina aumenta para 19,8 mi t, diz bolsa

Logo do bot da Reuters

Reuters

Publicado 28/out1 min de leitura

BUENOS AIRES (Reuters) - A safra de trigo de 2021/22 da Argentina deverá somar 19,8 milhões de toneladas, disse a Bolsa de Grãos de Buenos Aires em relatório nesta quinta-feira, citando as chuvas recentes como motivo para aumentar sua estimativa anterior de 19,2 milhões de toneladas.


A possível seca no cinturão de grãos dos Pampas nas próximas semanas continua sendo uma preocupação, disse a bolsa.


"Embora esta safra de trigo tenha sido marcada por uma situação de umidade do solo restrita, choveu em momentos importantes para a safra manter as condições adequadas", disse a bolsa.


"A extensão e distribuição adequada das chuvas permitiram que as safras ficassem em condições favoráveis nas regiões que compõem grande parte da área plantada. Nesse cenário, a projeção para a safra de 2021/22 é de 19,8 milhões de toneladas, um acréscimo de 600 milhões toneladas em comparação com nossa projeção anterior", disse a bolsa no relatório.


A Argentina é um grande exportador de trigo, principalmente para o vizinho Brasil. A colheita argentina está prevista para terminar em janeiro.


(Reportagem de Maximilian Heath e Hugh Bronstein)

Logo do bot da Reuters

Reuters

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.