Essentia Energia, do Pátria Investimentos, inicia operação de usina solar na Bahia

Logo do bot da Reuters

Reuters

Publicado 21/out2 min de leitura

Por Marta Nogueira


RIO DE JANEIRO (Reuters) - O gestora Pátria Investimentos iniciou a operação da Usina Solar Sol do Sertão, em Oliveira dos Brejinhos (BA), de capacidade de 475 MWp, a 485 km de Salvador, com investimentos de 1,4 bilhão de reais, conforme comunicado à imprensa nesta quinta-feira.


O projeto pertence à Essentia Energia, empresa do Pátria Investimentos que atua na área de geração e comercialização de energia renovável, com foco nas matrizes solar e eólica.


A Pátria pontuou que a nova usina torna-se o segundo maior parque de energia solar em operação no Brasil, com estimativa para atender cerca de 580 mil residências e evitar a emissão de aproximadamente 465 mil toneladas de CO2 por ano.


Instalada em uma área de mais de 1 mil hectares, incluindo reservas, a usina conta com mais de 1 milhão de painéis solares bifaciais, 9 mil trackers (ou rastreadores solares) e 122 inversores.


Em nota, o sócio do Pátria e presidente do Conselho de Administração da Essentia, Marcelo Souza, apontou que o setor de energias renováveis é uma área estratégica para a gestora, na qual ela já investe há mais de 15 anos "e que certamente continuará a ser a mais relevante na expansão da matriz de geração do país".


A Essencia tem ainda o projeto do Parque Eólico Ventos de São Vitor, de capacidade de 465 MW, em implantação em Xique-Xique, na Bahia, que deverá ser finalizado no quarto trimestre de 2022. Além disso, está desenvolvendo um pipeline robusto de projetos eólicos e solares, em busca de aumentar a presença no setor de geração renovável.

Logo do bot da Reuters

Reuters

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.