Diretoria do FMI aprova programa para a Argentina por US$45 bi, dizem fontes

Logo do bot da Reuters

Reuters

Publicado 25/mar1 min de leitura

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) - O Fundo Monetário Internacional aprovou nesta sexta-feira um programa de 45 bilhões de dólares para a Argentina depois de mais de um ano de negociações, disseram duas fontes à Reuters, o que permitirá ao país evitar um calote com o FMI.


O programa, o 22º para a Argentina desde que se uniu ao Fundo, em 1956, substitui um de 57 bilhões de dólares de 2018 que havia sido o maior na história do organismo.


A Argentina ainda deve cerca de 45 bilhões de dólares dessa linha de crédito.


(Reportagem de Jorgelina do Rosario e Rodrigo Campos)

Logo do bot da Reuters

Reuters

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.