BCE pode precisar cortar compras de títulos mais cedo, diz Reinesch

Logo do bot da Reuters

Reuters

Publicado 22/fev1 min de leitura

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu pode precisar encerrar suas compras de títulos mais cedo do que se pensava, dados os crescentes riscos inflacionários, disse o membro do BCE Gaston Reinesch, juntando-se a um número crescente de autoridades monetárias que agora discutem abertamente uma redução no estímulo.


Com a inflação na zona do euro subindo a patamares recordes nos últimos meses, o BCE voltou atrás na promessa de não elevar os juros neste ano e várias autoridades estão defendendo abertamente o encerramento das compras de títulos neste ano, um pré-requisito para qualquer aumento de juros.


Reinesch, um dos membros mais antigos do Conselho do BCE, argumentou que as atuais pressões sobre os preços podem aumentar os salários enquanto a economia pode retornar à capacidade total de forma mais rápida do que o previsto, ambos potencialmente aumentando as pressões inflacionárias.


"Não seria totalmente infundado considerar que o fim das compras líquidas de ativos sob o atual Programa de Compra de Ativos poderia ocorrer mais cedo do que o esperado com base na avaliação de dezembro", disse Reinesch, que é presidente do banco central de Luxemburgo, em uma postagem de blog.


(Reportagem de Balazs Koranyi)

Logo do bot da Reuters

Reuters

Agências


Compartilhe essa notícia


Esse conteúdo foi útil?

Siga o Inset

Conheça o Inter

De banco digital para plataforma de serviços integrados: o Inter se reinventou e cria o que simplifica a vida das pessoas.